sábado, 12 de setembro de 2015

ainda bem que voltaste


ainda bem que voltaste
desta vida crua
toda vestida de lua
como sempre te pensei
em minha cama
depois que fez a fama
nunca mais te encontrei
em Salvador
nas escada do Bonfim
agora diga pra mim
o que fazes aqui tão nua?
minha alma já é tua
para beber dos teus copos
sacramentar nossos corpos
antes que voltes pra rua

Nenhum comentário:

Postar um comentário