quinta-feira, 23 de junho de 2011

o lugar do samba


Estamos de volta depois de um longo perído de discussões sobre onde o samba deve estar, se aqui ou acolá, no batuque do terreiro ou assoalho do salão, se na pedra do sabão ou no açúcar do pão?  O que se canta hoje, dizendo-se samba, será? O que se fala hoje dizendo-se Arte será? O que se veste hoje dizendo-se roupa será? O que se come hoje dizendo-se alimento será? Ou estamos todos condenados ao veneno da mídia de mercado  será? com a palavra Marko Andrade.

Há quem diga que o samba nasceu do sal do suor africano dos escravos por isso ser filho do semba e do jongo mas Tom Zé já me dizia viemos aqui pra confundir não pra explicar, viemos aqui para questionar não para acomodar, dizem que a juventude brasileira anda meio  anestesiada e não se move, não discute, não se rebela, não protesta nem se manifesta. Vamos lá então Mocidade Independente o lugart do samba onde será? Com a palavra Jiddu Saldanha.

sendo do semba ou do jongo
pedra do sal ou do são
quem pode ser samba
senhora na casa da pia
ou do pão hóstia de padre
sem missa escola oculta
no chão na senha da liberdade
onde pode a mocidade
pisar  seu canto de terra
cantar seu grito de guerra
contra essa paz que não convém
como um chamado do rappa:
com a alma sempre  armada
e apontada para a cara do sossego

“pois paz sem voz
não é paz é medo”

federico baudelaire

Nenhum comentário:

Postar um comentário