sexta-feira, 4 de março de 2011

neste país de fogo & palha se falta lenha na fornalha

césar castro - wermer além da alma


“Temos que tratar da Lei e do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição, o Ecad. Tudo que trás transparência é positivo. Não vejo o porquê de se haver um órgão a salvo disso.” Alessandro Molon


a traição das metáforas:
uma anti-lição de alquimia


afia-se a faca na pedra
para arrancar da frita o caroço
esse mar com gosto de fedra
tem fezes até o pescoço

a faca com cheiro de sangue
o sangue com gosto de morte
caranguejo que se exploda no mangue
devastar é alei do mais forte

o fraco sempre morre na foz
desse rio agora represa
justiça quem quiser que se foda
o que interessa é o bem da empresa



segunda dia 7 às 21:00 - 08 de março às 00:00
________________________________________
Localização Palco do Rock
Av. Otávio Mangabeira, S/N, Coqueiral da Praia de Piatã
Salvador, Brazil
________________________________________
Criado por Vmh Estudio Produções

________________________________________
Mais informações Adicione o perfil e mande uma mensagem dizendo porque você merece ver o Riverdies em Salvador no Carnaval 2011 e concorra a uma passagem para assistir o show da banda e curtir a folia.

eu que já estou em Salvador e o assunto é carnaval, mas não vim aqui por conta de axé, lambada, pagode ou timbalada, vim para ouvir rock na veia, principalmente As Velhas Virgens do meu amigo Paulão, e a molecada carioca Fil Buc, Alex Melch, Gui Farizelli, Leo Graterol e Victo Von Drexler da estupenda Riverdies, que estarão no Palco do Rock, na praia do Coqueiral, a partir de amanhã até a próxima terça. E como o assunto é carnaval, segue essa jura não secreta deita pelo próprio autor, Artur Gomes, ontem na abertura do Batuque do Pelourinho.

quero dizer que ainda arde
tua manhã em minha tarde
a tua noite no meu dia
tudo em nós que já foi feito
com prazer ainda faria

quero dizer que ainda é cedo
ainda tenho um samba enredo
tudo em nós é carnaval
é só vestir a fantasia

quero ser teu mestre/sala
e você porta/bandeira
quando chegar na quarta feira
a gente inventa outra fulia


e viva Monarco e seus 77 anos e 60 de azul e branco embalados pelo manto da Portela, que ferida pelo fogo sagrado dos Deuses do Carnaval
há de ressuscitar como fênix das cinzas para a sua batalha de glórias.

ê fome negra incessante
febre voraz gigante
ê terra de tanta cruz

onde se deu primeira missa
índio rima com carniça
no pasto pros urubus

artur gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário