quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

curtíssimo roteiro para um curta breve

césar castro: - wermer além da alma




alice dá um chute no elefante com seu pesinho elegante macabea não sabendo o que fazer depois de rejeitada na programação do quarta capa se enfia na sala de artes cínicas d0 presídio federal de brazilírica mas não consegue entender clarice nem paixão segundo GH em mar de fogo me registro mariana olha-me através do espelho do quarto do motel com olhos de vaca no cio na calçada caio fernando me diz que os dragões não visitam o paraíso e o sangue escorre do seu pulso até o chão de uma cidade de palha

não conseguia entender como silvinha fora parar sem ao josé do rio preto se lá não havia escola de dança e letras do ibilce não estavam em cogitação quando em dracena foi fazer a provados nove bia continuava em ribeirão com o namorado que rasgava poemas de amor alheio não tinha como deixar a república ou se instalar na casa dos avós em jardiNÓpolis onde cresceram as noites de amor e jabuticabas ouvindo estórias de newton no bar do chico na praça

haviávamos acabado de rasgar mais uma vez os retalhos nos porões da casa guignard em outro preto era 95 e no lance de dados deu 5 e as crianças são testemunhas marllarmè passou por aqui nirvana veio até a mim e me disse que queria dançar o cântico dos cânticos ao som da minha voz federika pela primeira vez subiu nas paredes como uma lagartixa quando em busca de mosquito

gravei uma fita cassete e mandei para campinas onde na unicampi orientada por marília de andrade nirvana fazia mestrado em dança contemporânea para desvendar os fragmentos corporais de pina bausch ( philippine bausch, mais conhecida como pina bausch (solingen, 27 de julho de 1940 — wuppertal, 30 de Junho de 2009), foi uma coreógrafa, dançarina, pedagoga de dança e diretora de balé alemã. conhecida principalmente por contar histórias enquanto dança, suas coreografias eram baseadas nas experiências de vida dos bailarinos e feitas conjuntamente. várias delas são relacionadas a cidades de todo o mundo, já que a coreógrafa retirava de suas turnês idéias para seu trabalho.

entre os seus temas recorrentes estavam as interações entre masculino e feminino - uma inspiração para pedro almodóvar, em cujo filme, fale com ela, pina aparece em uma bela sequência de dança. foi diretora da tanztheater tuppertal pina bausch, localizada em wuppertal. a companhia tem um grande repertório de peças originais e viaja regularmente por vários países. )

era uma noite de julho e em setembro invadimos são paulo com a voz do poeta e o corpo da bailarina “saibam quantos estes meus versos virem que te amo do amor maior que possível for toma conta do sol toma conta da terra toma conta do mar toma conta de mim maria antonieta d´alkmim” depois do amor me registro com os retalhos imortais do serAfim – oswald de andrade nada sabia de mim nirvana agora em lion beija-me a voz na distância e teu corpo tenho guardado na pele que tranquei no armário de um relicário de luz e marfim

enquanto isso recebo de jiddu saldanha os mais novos informes sobre o cinema possível entrevista com cristiane grando poeta que faz a ponte entre brasil e república dominicana no blog cinema possível brasil http://www.cinemapossivelbrasil.blogspot.com/ entrevista com may pasquetti atriz convidada do primeiro filme em HD do projeto cinema possível o curta “BRISA”. http://www.curtabrisa.blogspot.com/ confira o que rolou no ultimo cine mosquito, na casa de josé facury http://www.cinemosquito.blogspot.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário